quarta-feira, 11 de abril de 2018

Aristolochia sempervirens L.? (Aristolochiaceae)

Esta curiosa planta, que fotografámos hoje (11.IV.2018) em Coimbra, 29TNE4950, alt. ca. 100 m, será provavelmente a bela espécie mediterrânica Aristolochia sempervirens L. (Aristolochiaceae), um endemismo da Região Mediterrânica Oriental e Central (Nardi, E. (2009): Aristolochiaceae. – In: Euro+Med Plantbase - the information resource for Euro-Mediterranean plant diversity. http://ww2.bgbm.org/EuroPlusMed/PTaxonDetail.asp?NameCache=Aristolochia%20sempervirens&PTRefFk=7500000; http://euromed.luomus.fi/euromed_map.php?taxon=350897&size=medium), que em Portugal parece encontrar-se apenas raramente naturalizado na cidade de Coimbra (Lu: BL).

quinta-feira, 5 de abril de 2018

Laurus nobilis L. (Lauraceae)


Fotografámos hoje a bela árvore Laurus nobilis L. (Lauraceae) em plena floração, em Castelo Viegas (BL: Coimbra), 29TNE5045, alt. ca. 120 m, 4.IV.2018. Trata-se de um endemismo da Região Euro-Mediterrânica (von Raab-Straube, 2018: http://ww2.bgbm.org/EuroPlusMed/PTaxonDetail.asp?NameCache=Laurus%20nobilis&PTRefFk=7500000; http://euromed.luomus.fi/euromed_map.php?taxon=351035&size=medium).

segunda-feira, 12 de março de 2018

Aristolochia paucinervis Pomel (Aristolochiaceae)

Fotografámos hoje em Coimbra, 29TNE4950, alt. ca. 100 m, esta bela planta em floração: Aristolochia paucinervis Pomel (Aristolochiaceae). Trata-se de um geófito e de um endemismo exclusivo da Região Mediterrânica Ocidental (http://euromed.luomus.fi/euromed_map.php?taxon=350937&size=medium), que em Portugal continental é frequente (http://flora-on.pt/#/1Aristolochia+paucinervis), disperso por quase todo o País.

quarta-feira, 14 de fevereiro de 2018

Oxalis Pes-caprae L. (Oxalidaceae)


Vamos repostar hoje aqui a bela Oxalis Pes-caprae L. (Oxalidaceae), bem conhecida planta invasora de origem capense, que fotografámos recentemente em Coimbra: 29TNE4856, alt. 134 m, em 9.II.2018, beneficiando do tempo húmido que tem ocorrido recentemente.

Agradecemos a M.ª Antónia Soares a excelente companhia nesta pequena excursão botânica.

domingo, 4 de fevereiro de 2018

Ceiba speciosa (A.St.-Hil.) Ravenna



Fotografámos ontem pela primeira vez o fruto desta curiosa árvore espinhosa, que pensamos que se trata da bela Ceiba speciosa (A.St.-Hil.) Ravenna = Chorisia speciosa A.St.-Hil. (Malvaceae) ou Ceiba speciosa ( A.St.-Hil. , A.Juss. & Cambess. ) Ravenna, Onira 3(15): 46 (1998) Basionym: Bombacaceae: Chorisia speciosa A.St.-Hil., A.Juss.& Cambess. (http://www.ipni.org/ipni/idPlantNameSearch.do?id=1005661-1), em Coimbra, 29TNE4950, alt. ca. 60 m, 3.II.2018.
Postamos também algumas flores, que são estivais e outonais, assim como aspectos mais gerais da árvore e dos espinhos (a "alameda" de ceibas é do Jardim Botânico de Palermo, IX.2013): 

 



sábado, 27 de janeiro de 2018

Watsonia Meriana (L.) Miller (Iridaceae)




Watsonia Meriana (L.) Miller = Antholyza Meriana L. (basiónimo), uma bonita Iridácea de origem sul-africana, que se encontra raramente naturalizada na Europa

domingo, 14 de janeiro de 2018

Velezia rigida L. (Caryophyllaceae)

Para começarmos bem o ano 2018, neste mês de Janeiro tão frio, trazemos aqui hoje uma planta que fotográfamos numa época bem mais quente: Velezia rigida L. (Caryophyllaceae), uma planta anual de distribuição eurasiática e mediterrânica (http://ww2.bgbm.org/EuroPlusMed/PTaxonDetail.asp?NameId=100867&PTRefFk=7200000), que fotografámos em TM: Bragança: Rebordãos, no castelo arruinado e serpentinoso de Rebordãos, onde predominam as rochas ultra-básicas, que em Portugal são tão características do NE transmontano. A foto é de 16.VI.2005, quase no Verão de um ano bem quente e seco. Podem ver-se também as aristas de uma gramínea (Bromus sp.??) da mesma cor avermelhada da nossa bela Velezia rigida.